close
shareCompartilhe

Solvay leva para a Feiplar Composites & Feipur 2016 produtos de alto desempenho e alternativas sustentáveis para indústria de poliuretanos

São Paulo, 08 de novembro de 2016 – Os agentes de expansão de espumas Solkane® 365/227 e os retardantes de chamas IXOL® são os destaques da unidade de negócios Special Chem, do Grupo Solvay, na Feiplar Composites & Feipur 2016 – Feira e Congresso Internacionais de Composites, Poliuretano e Plásticos de Engenharia, de 08 a 10 de novembro, em São Paulo.

3rd Quarter & 1st 9 months 2016 Financial Report

The results of former Cytec are consolidated in the Group’s income and cash flow statements since January 1, 2016. Comparative information for the third quarter and 1st nine months of 2015 is presented on an unaudited pro forma basis as if the acquisition of Cytec had taken place on January 1, 2015.

Grupo Solvay constrói fábrica de plásticos de engenharia no México para atender ao mercado regional e América do Norte

Lyon, França, 28 de outubro de 2016 - O Grupo Solvay, líder mundial em materiais de alto desempenho a partir de poliamida, está construindo uma unidade industrial de plásticos de engenharia Technyl® em San Luis Potosí, no México, com capacidade anual inicial de 10 mil toneladas. A nova unidade tem previsão de entrar em operação no terceiro trimestre de 2017 para atender ao crescimento do mercado regional e da América do Norte ligados às indústrias automotiva e de bens de consumo.

Grupo Solvay avança no setor de petróleo gás e faz o lançamento mundial de polímero especial resistente a 150º C para aplicações em risers e mangueiras umbilicais

Rio de Janeiro, Brasil, 24 de outubro de 2016 - Um polímero especial da linha Solef ® PVDF, com resistência inédita a temperaturas de até 150º C, é a principal novidade do Grupo Solvay na Rio Oil&Gas 2016 (de 24 a 27 de outubro, no Centro de Convenções do Riocentro - RJ). O produto, usado como camada de barreira em linhas flexíveis (risers) e mangueiras umbilicais, representa um grande avanço tecnológico no setor de extração de petróleo, uma vez que a temperatura máxima suportada por polímeros tradicionalmente na indústria do setor é de até 130º C.

folder