Alquimia Jovem

Foto-alquimia-jovem-siteClick to enlarge
O Alquimia Jovem, um dos importantes programas conduzidos pelo Instituto Rhodia, atende estudantes de escolas públicas entre 11 e 16 anos que moram no entorno da fábrica de Paulínia (SP) e se encontram em situação de vulnerabilidade social.
   
Lançado em 2008, o projeto foi estruturado a partir de um diagnóstico social feito pela empresa na comunidade próxima do Complexo Industrial São Francisco que apontou, dentre outras prioridades, as demandas por educação, esporte, lazer e preparo para o mundo do trabalho. É visando o suprimento dessas necessidades que o Alquimia busca desenvolver o potencial humano dos seus participantes estimulando o protagonismo juvenil e o exercício da cidadania. 

Com uma metodologia de trabalho participativa, lúdica, inclusiva e igualitária, oferecemos a 80 jovens, um conjunto de atividades, realizadas no Clube Rhodia, em Barão Geraldo. Cada participante frequenta o Projeto duas vezes por semana, por quatro horas diárias, onde lhe é oferecido, além das atividades e experiências diversas, um almoço, lanche, transporte e uniforme, tudo gratuitamente!

Pesquisas realizadas com as equipes gestoras e pedagógicas das escolas atendidas e com a comunidade local, mostram que o Alquimia tem, efetivamente, contribuído para o desenvolvimento de seus atendidos. Entre os resultados positivos apontados estão: resgate da cidadania, melhoria do rendimento escolar, melhoria no relacionamento com colegas, professores e com a família, maior interesse pelos estudos e maior conscientização sobre temas ambientais e cidadania, entre outros. Cerca de 90% dos atendidos (direta e indiretamente) avaliam o projeto como excelente! 

No decorrer de seus 11 anos de existência, o Alquimia Jovem já beneficiou mais de 1100 jovens que realizaram atividades variadas, como: teatro, música, comunicação e cidadania, artes plásticas, esporte, jogos e atividades aquáticas, dança, circo e mídias sociais, dentre outras, permeadas por temas transversais como diversidade, respeito, tolerância, meio ambiente, sexualidade e carreira. 

Para fortalecer o vínculo com os jovens e ampliar as possibilidades de vivências e acesso ao conhecimento, o tempo efetivo de participação de cada jovem no projeto aumentou, em 2018, em 400%. E em 2019, mais novidades foram propostas, tais quais as oficinas de comunicação, capoeira, hip hop, grafiti, jogos teatrais, dentre outras, além de diversas excursões pedagógicas.