Diretora de Pesquisa e Inovação do Grupo Solvay na América Latina ganha prêmio dedicado a mulheres na Ciência



Uma imagem contendo pessoa, interior, parede, chão Descrição gerada automaticamente

Lidiane Oliveira (terceira da esquerda para a direita) foi destaque como Líder na Indústria noWomen in Chemistry and Related Sciences pelo trabalho desenvolvido ao longo de sua carreira acadêmica e profissional.

 

São Paulo, 17 de outubro de 2019– A Diretora de Pesquisa e Inovação do Grupo Solvay na América Latina, Lidiane Oliveira, conquistou o primeiro lugar na categoria Líder na Indústriado prêmio Women in Chemistry and Related Sciences, promovido pela American Chemical Society (ACS) e a Sociedade Brasileira de Química (SBQ). A cerimônia de premiação foi realizada em 16 de outubro, em São Paulo.

 

Em seu segundo ano de realização, o prêmio reconhece mulheres cientistas que tenham alcançado feitos e contribuições para a química e ciências relacionadas. A ACS e a SBQ pretendem promover a igualdade entre gêneros na ciência, tecnologia, engenharia e matemática (STEM) no Brasil e desenvolver esforços para uma perspectiva mais avançada na compreensão do impacto da diversidade na investigação científica e na área da Química.

 

Além de Líder na Indústria, o prêmio contempla mais duas categorias: Líder Emergente na Química e Ciências Relacionadas e Líder na Academia. Foram mais de 50 candidatas inscritas, com experiências únicas, e Lidiane se destacou após a aplicação dos critérios de seleção, que incluem publicações científicas, patentes e relevância das pesquisas para sociedade. 


“Fiquei muito feliz e honrada! Após receber a notícia, fiz uma retrospectiva de todo o meu caminho profissional até aqui, e vejo esse prêmio como um reconhecimento de todo o esforço, de toda a dedicação. Além disso, sinto uma imensa gratidão, porque eu não estaria aqui se não fosse a ajuda e a parceria de muita gente ao longo desses anos, na vida pessoal e profissional. E o prêmio vem com o desafio de continuar indo além e contribuir para o desenvolvimento da Ciência e da Pesquisa através da Rhodia, do Grupo Solvay”, comemorou. 


Durante a cerimônia, além de receber o prêmio, Lidiane contou um pouco sobre sua carreira e participou do painel Construindo uma Cultura de Diversidade e Inclusão. As vencedoras das três categorias ganharam cada uma dois mil dólares e outros benefícios. 


Mulheres na ciência - Algumas mulheres que escolhem a ciência como profissão ainda têm questões internas relacionadas à carreira na área, como se há espaço no mercado de trabalho, quais são as oportunidades, se há reconhecimento. Segundo Lidiane Oliveira, prêmios como o Women in Chemistry and Related Sciences, que prestigiam mulheres cientistas, ajudam a divulgar e estimular as jovens mulheres a olharem para essa carreira, entendendo que há muitas oportunidades.


“Hoje ainda é necessário esse tipo de premiação exclusiva para mulheres, porque, em muitas áreas acadêmicas e posições de liderança na indústria, o número de homens ainda é muito maior. Então, acho que precisamos dessa segmentação, mas espero que em um futuro muito próximo isso não seja nem cabível de se pensar. Penso que tudo depende de algo que precisamos fazer como sociedade, que é olhar para a educação básica até o ensino superior, permitindo que as mulheres, as meninas, tenham tantas oportunidades quanto os homens”, afirmou. 

 

Trajetória reconhecida – Lidiane Oliveira é doutora em Ciências formada pela Unicamp, com mestrado e bacharelado em Química pela mesma universidade e acumula mais de 20 anos de experiência em indústrias químicas e de bens de consumo. Ela está no Grupo Solvay desde 2014, quando começou como gerente de Pesquisa e Inovação na América Latina, liderando as equipes de aplicação e síntese para os mercados de Agroquímicos, Tintas, Home & Personal Care, Petróleo & Gás e, Soluções e Processos Industriais.

 

Em 2019, Lidiane foi nomeada diretora de Pesquisa e Inovação do Grupo Solvay para a América Latina, sendo a primeira mulher a ocupar essa posição em toda a história do Centro de Pesquisa de Paulínia, criado há 45 anos. Está à frente de uma equipe de cerca de cem pesquisadores e mais de uma dezena de laboratórios, incluindo o Laboratório de Biotecnologia Industrial, único da Solvay no mundo.

 

Na indústria, Lidiane atua para transformar a área de inovação com foco em pessoas e sustentabilidade. Entre as inovações desenvolvidas junto às equipes ao longo de sua carreira na Solvay estão o emoliente de origem vegetal para substituição de silicone em produtos para cabelo, o Mackaderm® LIA (GBU Novecare); e a solução sustentável para substituição do enxofre no processo de branqueamento de açúcar, o Fentacare® CS (GBU Novecare). Ela também é líder do projeto, em andamento, de uma solução inovadora e sustentável para tratamento de sementes de soja e aumento de produtividade em campo.


Rhodia - 100 anos de presença no Brasil– Sob as marcas do pioneirismo e da inovação, a Rhodia, empresa do Grupo Solvay, está completando 100 anos de atividades no Brasil em 2019. A empresa iniciou sua trajetória de sucesso em Santo André – SP, com a instalação de uma unidade industrial de produtos químicos, que representou o primeiro passo da industrialização da região do ABC paulista. Sempre à frente do seu tempo, a Rhodia tem dado ao longo desse período uma contribuição decisiva para o fortalecimento do setor químico/têxtil e da indústria do Brasil em geral, com o desenvolvimento de tecnologias, processos e produtos para diversos mercados, e com um profundo relacionamento com a sociedade brasileira. Desde setembro de 2011, a Rhodia faz parte do Grupo Solvay, um dos mais relevantes players internacionais em materiais avançados e especialidades químicas.

Saiba mais em www.rhodia.com.br e em www.solvay.com


Sobre o Grupo Solvay

A Solvay é uma empresa de materiais avançados e de especialidades químicas, comprometida com o desenvolvimento da Química que aborda os principais desafios da sociedade. A Solvay inova e faz parcerias com clientes em diversos mercados finais globais. Seus produtos e soluções são utilizados em aviões, automóveis, dispositivos inteligentes e instrumentos médicos, baterias, na extração de minerais e petróleo, entre muitas outras aplicações que promovem a sustentabilidade. Seus materiais leves e avançados aumentam a mobilidade mais limpa, suas formulações otimizam o uso de recursos e seus produtos químicos de desempenho melhoram a qualidade do ar e da água. A Solvay tem sede em Bruxelas e emprega 24.500 pessoas de 106 nacionalidades em 62 países. As vendas líquidas pro forma foram de € 10,3 bilhões em 2018, em 90% de atividades nas quais a Solvay está entre as três maiores empresas do mundo, resultando em uma margem de EBITDA de 22%. A Solvay SA (SOLB.BE) está cotada na Euronext Brussels e Paris (Bloomberg: SOLB: BB- Reuters: SOLB.BR) e nos Estados Unidos as suas ações (SOLVY) são transacionadas através de um programa ADR de nível 1. No Brasil, a Solvay também atua com a marca Rhodia.


Informações à Imprensa:

Sobre o Grupo Solvay e a Rhodia no Brasil

Roberto Custódio - roberto@pexpress.com.br

Marcela de Paula – marcela@pexpress.com.br

Tel. (55 11) 3284 5164 ou cel. (55 11) 999 33 8148


Como um grupo internacional de química e de materiais avançados, a Solvay auxilia os clientes na inovação, no desenvolvimento e fornecimento de soluções sustentáveis de alto valor, que consomem menos energia, reduzem as emissões de CO2, otimizam o uso de recursos e melhoram a qualidade de vida no planeta. Seus produtos são utilizados em diversos mercados, tais como automotivo e aeroespacial, bens de consumo e de cuidados com a saúde e beleza, energia e meio ambiente,  construção, elétricos e eletrônicos, bem como aplicações industriais. O Grupo, com sede em Bruxelas, emprega 30.000 pessoas em 53 países. Registrou em 2014 um faturamento próximo a € 12 bilhões, dos quais 90% foram obtidos com vendas em atividades nas quais está entre os três líderes mundiais. A Solvay SA (SOLB.BE) está listada na Euronext, em Bruxelas e Paris (Bloomberg: SOLB:BB – Reuters:  SOLB.BR). No Brasil, o Grupo também atua com a marca Rhodia.