Sempre à frente do seu tempo, Rhodia completa 100 anos de história no Brasil

imagem aérea da Rhodia em 1935 em Santo André (SP) (002)Click to enlarge

Pioneirismo, inovação, sustentabilidade e um profundo relacionamento com as comunidades e com a sociedade em geral sempre foram atributos da Rhodia

São Paulo, 26 de novembro de 2019- Em todos os segmentos de mercados dos quais participou e em que ainda atua, a Rhodia tem se destacado por acreditar no potencial do Brasil, investindo permanentemente no desenvolvimento e criação de tecnologias, processos e produtos, além da instalação de unidades produtivas. 

Integrante do Grupo Solvay desde setembro de 2011, a Rhodia se mantém como uma organização cheia de vitalidade, de espírito jovem, sempre à frente do seu tempo, com o propósito de fazer a Química Sustentável, que ajuda a construir um futuro melhor para as pessoas e para a vida no planeta. Confira a seguir alguns marcos da presença relevante da Rhodia no Brasil.


1919 - Fundação da Rhodia, em 19 de dezembro de 1919, como filial brasileira do então grupo francês Rhône-Poulenc, para fabricação em Santo André (SP) de produtos químicos e farmacêuticos. A primeira fábrica foi inaugurada em 1921, em um passo enorme para a época, quando se estava começando o processo de industrialização do País. Além do lança-perfume, que foi o produto inaugural desta unidade, a Rhodia deu início à fabricação de outros produtos químicos e medicamentos, introduzindo tecnologias que ainda não estavam disponíveis no País, aplicadas em cremes, pomadas e medicamentos em comprimidos para tratamento de saúde.


1929– Início da produção têxtil da Rhodia no Brasil, em Santo André, com a fibra artificial rayon viscose


1936- Instalação da Valisère, para produção de artigos têxteis femininos. A empresa ficou em poder da Rhodia até 1986, quando foi cedida para o Grupo Rosset.


1942- Aquisição da Fazenda São Francisco, em Paulínia-SP, para plantação de cana-de-açúcar e uso do etanol na rota alcoolquímica da empresa. É considerado o marco inicial do atual polo químico e petroquímico da região de Campinas e municípios vizinhos. 


1955- Obtenção de licença internacional para produção no Brasil de poliamida (nylon) para aplicação em fios têxteis e fios industriais de alta tenacidade. Essa produção marcou a entrada pioneira da Rhodia no mundo das fibras têxteis sintéticas, que nas décadas seguinte viriam a provocar uma verdadeira revolução no comportamento de consumo têxtil no País. 


1958-Início da produção de solventes oxigenados, que representou o marco fundamental do complexo químico da Rhodia em Paulínia. Atualmente, o conjunto industrial da empresa em Paulínia reúne duas dezenas de unidades de fabricação de diferentes produtos químicos, além abrigar operações de outras empresas dos setores de agroquímica, veterinária e farmacêutica.


1960/1970/1980-Campanhas nacionais e internacionais para disseminação do produto têxtil brasileiro que abrangeram a participação em movimentos culturais ligados ao setor (incluindo patrocínio aos primeiros festivais de música brasileira) e feiras do setor industrial com o objetivo de fortalecer a cadeia têxtil brasileira.


1970-Inauguração da primeira fábrica brasileira de fenol e derivados – um produto químico com diversas aplicações em mercados importantes da economia brasileira, que vão desde o setor automotivo até têxteis e plásticos, passando por fundição, madeira e outros segmentos industriais. Ao longo de quase 50 anos de atividades, essa fábrica vem sendo alvo de investimentos em modernização de processos e ampliação de capacidade produtiva, para atender os seus clientes no Brasil e no Exterior.


1975-Instalação do Centro de Pesquisas de Paulínia, o CPP, que reúne atualmente uma dezena de laboratórios para o desenvolvimento de inovações locais e aplicação de tecnologias, processos e produtos ligados à Química. 


1980/1998-Diversas expansões de produção das várias unidades químicas instaladas em Paulínia (fenol e derivados, solventes oxigenados, intermediários químicos e intermediários de poliamida, sílicas etc).


1981-Lançamento da campanha ‘Você Fala, a Rhodia’ que provocou uma revolução no relacionamento entre empresas e os consumidores. Início dos trabalhos do primeiro ombudsman industrial no Brasil. Em seguida, houve o lançamento da Política de Portas Abertas voltada para melhorar as relações entre a empresa e os seus públicos-alvo: (clientes, investidores, empregados, fornecedores, comunidades, Imprensa).


1992-Início da produção brasileira de microfibras têxteis de poliamida e poliéster na fábrica de Santo André (SP) --- passo inicial para a introdução no país da então incipiente produção de têxteis ‘inteligentes’.


1998–Separação dos negócios do Grupo Rhône-Poulenc, com as áreas químicas sendo reunidas sob o nome Rhodia, que se tornou marca mundial.


1998-O lançamento pioneiro de Amni® Biotech– o primeiro fio têxtil inteligente criado no Brasil – representou a entrada do País no segmento de fios e fibras têxteis funcionais. Amni® Biotech é um fio que controla a proliferação de bactérias que causam odor desagradável.


2006/2007-Instalação da primeira unidade de abatimento de gás de efeito estufa do Brasil, no escopo do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) do Protocolo de Kyoto. Essa unidade responde pelo abatimento de 40% do total de emissões do Grupo Solvay em todo o mundo. São eliminadas 5,3 milhões de toneladas de CO2 equivalente por ano, o que corresponde às emissões de uma frota de um milhão e duzentos mil carros rodando pelas ruas no período. Considerando a indústria química brasileira como um todo, essa unidade industrial aporta uma contribuição da ordem de 20% na redução das emissões.


2007/2008-Implantação do Instituto Rhodia para coordenar as iniciativas da empresa em Responsabilidade Social. Lançamento do projeto Alquimia Jovem, um programa de educação complementar voltado para estudantes de escolas públicas próximas ao conjunto industrial da empresa em Paulínia (SP). Até 2018, cerca de 1.200 jovens estudantes foram atendidos por esse projeto. 


2008Lançamento do revolucionário Emana®- microfibra têxtil de poliamida criada no Brasil que atua para melhorar a microcirculação sanguínea da parte do corpo em contato com a roupa, auxiliando na elasticidade da pele. Como benefícios comprovados por estudos científicos, roupas feitas com Emana®permitem a redução dos sinais da celulite e ajudam no retardamento da fadiga muscular, melhorando o desempenho esportivo. Esse produto tem sido largamente utilizado em roupas de lingerie, moda íntima, fitness e em artigos de esporte ativo ou casual e no segmento dejeanswear.


2009-Lançamento do primeiro produto da família Augeo®, que são solventes originados em fonte renovável para aplicação em diferentes segmentos de mercado, tais como tintas e vernizes, madeira, couro, petróleo e gás, formulações de limpeza doméstica e institucional e para fragrâncias e aromatizadores de ambientes. O Augeo®é uma inovação sustentável genuinamente brasileira, desenvolvida no Centro de Pesquisas de Paulínia.


2011 – Fusão da Rhodia com o Grupo Solvay para criação de um grupo internacional líder em especialidades químicas e materiais avançados. A marca Rhodia é mantida apenas no Brasil


2013/2014-Aquisição de duas unidades industriais de especialidades químicas em Itatiba (SP) e Taboão da Serra (SP), ampliando o portfólio de produtos voltados para Agro, Home&Personal Care, Tintas e Revestimentos, Petróleo e Gás e mercados industriais.


2014-Lançamento do Amni® Soul Eco, o primeiro fio têxtil de poliamida biodegradável do mundo. O Amni® Soul Ecofoi criado para permitir que roupas feitas a partir deste fio se decomponham rapidamente após serem descartadas em aterro sanitário controlado. Este produto demonstra o compromisso da Rhodia com o planeta e a indústria têxtil. 

 

2015-Inauguração em Paulínia do primeiro Laboratório de Biotecnologia Industrial (IBL, na sigla em inglês) do Grupo Solvay, cujo foco é a pesquisa de novos processos e moléculas derivadas de biomassa brasileira e a sua transformação em soluções inovadoras para os clientes. 

 

2018- Instalação da primeira unidade industrial dedicada exclusivamente à produção de solventes sustentáveis da linha Augeo®--- um case no setor industrial brasileiro porque uma inovação criada no país gerou uma fábrica, cujos produtos atendem mercados mundiais. Essa fábrica está sendo expandida em um novo projeto que deverá estar pronto em meados do primeiro semestre de 2020.

 

2018/2019-Desenvolvimento e comercialização da linha de ingredientes Mackaderm®, de fonte 100% vegetal, para o mercado de Cuidados Pessoais, a partir da fábrica de Taboão da Serra (SP). Início da produção na unidade industrial de Itatiba (SP) de especialidades químicas eco-friendlyRhodapex BR PSA®, criadas no Brasil,para a fabricação de tintas e revestimentos. Desenvolvimento no Brasil e lançamento de Protect®, biocida anti-corrosão e amigo do meio ambiente, para a indústria de Petróleo e Gás.


2019  - Lançamento de Amni® Dynamic, fio têxtil de poliamida de secagem ultrarápida, inédita no mercado, e Amni® Soul Cycle– primeiro fio têxtil de poliamida biodegradável e reciclada do mundo – um avanço da empresa em sustentabilidade do setor têxtil.


Sobre o Grupo Solvay

A Solvay é uma empresa de materiais avançados e de especialidades químicas, comprometida com o desenvolvimento da Química que aborda os principais desafios da sociedade. A Solvay inova e faz parcerias com clientes em diversos mercados finais globais. Seus produtos e soluções são utilizados em aviões, automóveis, dispositivos inteligentes e instrumentos médicos, baterias, na extração de minerais e petróleo, entre muitas outras aplicações que promovem a sustentabilidade. Seus materiais leves e avançados aumentam a mobilidade mais limpa, suas formulações otimizam o uso de recursos e seus produtos químicos de desempenho melhoram a qualidade do ar e da água. A Solvay tem sede em Bruxelas e emprega 24.500 pessoas de 106 nacionalidades em 62 países. As vendas líquidas pro forma foram de € 10,3 bilhões em 2018, em 90% de atividades nas quais a Solvay está entre as três maiores empresas do mundo, resultando em uma margem de EBITDA de 22%. A Solvay SA (SOLB.BE) está cotada na Euronext Brussels e Paris (Bloomberg: SOLB: BB- Reuters: SOLB.BR) e nos Estados Unidos as suas ações (SOLVY) são transacionadas através de um programa ADR de nível 1. No Brasil, a Solvay também atua com a marca Rhodia.


Mais informações para a imprensa 

Sobre a Rhodia e o Grupo Solvay no Brasil

Roberto Custódio -roberto@pexpress.com.br

Marcela de Paula –marcela@pexpress.com.br

 

Tel. (55 11) 3284 5164 ou cel. (55 11) 999 33 8148


Como um grupo internacional de química e de materiais avançados, a Solvay auxilia os clientes na inovação, no desenvolvimento e fornecimento de soluções sustentáveis de alto valor, que consomem menos energia, reduzem as emissões de CO2, otimizam o uso de recursos e melhoram a qualidade de vida no planeta. Seus produtos são utilizados em diversos mercados, tais como automotivo e aeroespacial, bens de consumo e de cuidados com a saúde e beleza, energia e meio ambiente,  construção, elétricos e eletrônicos, bem como aplicações industriais. O Grupo, com sede em Bruxelas, emprega 30.000 pessoas em 53 países. Registrou em 2014 um faturamento próximo a € 12 bilhões, dos quais 90% foram obtidos com vendas em atividades nas quais está entre os três líderes mundiais. A Solvay SA (SOLB.BE) está listada na Euronext, em Bruxelas e Paris (Bloomberg: SOLB:BB – Reuters:  SOLB.BR). No Brasil, o Grupo também atua com a marca Rhodia.