Projeto Social Alquimia Jovem discute cultura afro-brasileira

Paulínia (SP), 21 de maio de 2012 – A evolução da cultura afro-brasileira foi o tema principal de oficina de atividade realizada durante duas semanas no projeto Alquimia Jovem, mantido pelo Instituto Rhodia. Além de ampliarem seus conhecimentos sobre os aspectos sociais e históricos dessa cultura, que exerce enorme influência na sociedade brasileira, os 80 estudantes que participam  do projeto em 2012 tiveram também contato com música, dança e luta (capoeira) e as artes plásticas, através das máscaras africanas. A oficina integra as atividades do projeto deste ano, visando a implantação de uma miniorquestra até o final do ano.


Segundo Lívia Tiede, coordenadora do projeto, "a oficina de cultura afro-brasileira foi essencial para discutirmos os aspectos da formação do povo brasileiro e, com uma metodologia adequada, esperamos despertar nos jovens um senso crítico capaz de qualificar suas condutas, ações e valores na sociedade atual".


O Alquimia Jovem é um programa de educação complementar desenvolvido pelo Instituto Rhodia para atender anualmente crianças e adolescentes entre 11 e 14 anos, em situação de risco social, de comunidades próximas às instalações industriais da empresa, e que estudam em escolas públicas de Paulínia e do distrito de Barão Geraldo, em Campinas. O programa tem no esporte e na cultura suas principais ferramentas pedagógicas, com o objetivo de fortalecer nos participantes os conceitos de cidadania e incentivar o protagonismo juvenil. Ao longo do ano, são realizadas diversas atividades esportivas, artísticas e culturais, além de oficinas temáticas. Também são abordados temas como a preservação do meio ambiente, educação sexual, prevenção ao uso abusivo de álcool e drogas, padrões de beleza e comportamento, ética e valores pessoais, auto-estima e discussões sobre projeto de vida.

Mais informações à Imprensa:

Roberto Custódio – f. (11) 3284 5164 ou Marcela de Paula – f. (11) 3284 4322